Manchetes

Menu

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Qual a profissão do Apóstolo Paulo ?

Resultado de imagem para Qual a profissão do Apóstolo Paulo ?

Pergunta de Ioneide Andrade e resposta de Odalberto Domingos Casonatto

Olá Ioneide Andrade de Pentecoste / CE!

Aparecem muitas citações nas Cartas Paulinas e escritos do Novo Testamento que falam do trabalho e profissão do apóstolo Paulo.

Sabemos de antemão que na época de Paulo, no mundo grego, não se concebia ser um missionário e viver com as ofertas dos seguidores.

Os evangelhos que falam da realidade do tempo de Jesus mostra que os apóstolos, comiam e bebiam daquilo que seus ouvintes doavam. Jesus mesmo falava “comei e bebei daquilo que vos derem”. Mas este pensamento não era aceito no mundo grego, da gentilidade.

Paulo era um evangelizador e trabalhador. Sabemos que era fabricante de Tendas. Conferimos o texto Bíblico dos Atos dos Apóstolos 18,1-4:

18, 1 Depois disto Paulo partiu de Atenas e chegou a Corinto. 2 E encontrando um judeu por nome Áqüila, natural do Ponto, que pouco antes viera da Itália, e Priscila, sua mulher (porque Cláudio tinha decretado que todos os judeus saíssem de Roma), foi ter com eles, 3 e, por ser do mesmo ofício, com eles morava, e juntos trabalhavam; pois eram, por ofício, fabricantes de tendas. 4 Ele discutia todos os sábados na sinagoga, e persuadia a judeus e gregos.” (Atos dos Apóstolos 18,1-4) Bíblia Almeida

Comentando:

Embora Paulo soubesse o direito que o missionário tinha de ser sustentado, Paulo para não dar o mau exemplo sempre trabalhou, com suas próprias mãos. Era um fabricante de tenda, ofício comum naquela época. Paulo mesmo afirma trabalho dia e noite, para não ser peso para ninguém. O que sabemos que Paulo só aceitou auxílio dos Filipenses, que os considerava como amigos. Paulo estimula aos fiéis seguidores a trabalharem e buscarem seu sustento. Por outro lado sabemos que a camada da população que ouviu por primeiro seus ensinamentos, nas cidades portuárias do Império Romano, foram os trabalhadores da carga e descarga dos navios nos portos que buscavam esperançosos uma libertação e melhores condições de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Slide

Google+ Followers

Oração de São Francisco


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. Amém